MozFest – Uma história sobre a Saúde da internet

Minha história de voluntariado e a preocupação com uma Internet Saudável começou oficialmente em 2014, no mesmo ano em que comecei a lecionar, neste ano, conheci a comunidade da Mozilla no Brasil. Alguns meses depois, comecei a atuar como voluntário na comunidade, ajudando com tradução, apoio e engajamento. Minha primeira atividade como voluntário foi contribuir para organizar a festa do WebMaker na minha região, época em que a Mozilla estava lançando o aplicativo WebMaker. Ainda me lembro da alegria das crianças que estavam participando do evento e que aquela foi a primeira vez em que começaram a aprender mais sobre como os sites são criados e como eles podem criar seus próprios sites, foi incrível!

Durante minhas aulas, tento sempre trazer esses tópicos, relacionados a construção de uma Internet mais saudável, para os alunos. Faço o possível para motivá-los a contribuir para projetos abertos e para ajudar outras pessoas a fazerem o mesmo, acredito que precisamos trabalhar muito com essa nova geração, preparando todos para o futuro da internet, para continuarmos lutando por privacidade e abertura. Afinal, eles são a próxima geração de desenvolvedores da web, produtores de conteúdo, consumidores, legisladores, advogados, políticos, etc.

Nos próximos dez anos, continuarei trabalhando com os alunos para trazer esses conceitos às suas vidas diárias; acredito que precisamos de mais replicadores, aprendendo e ensinando sobre a importância da Saúde na Internet. Se queremos continuar lutando, precisamos manter o ciclo, quando as pessoas deixam as atividades por qualquer motivo, novos voluntários estão se unindo para manter o movimento vivo!

Publicado por

Felipe Do E. Santo

Professor, Mozilla Tech Speaker, Mozilla Rep, Desenvolvedor Web e Gamer nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.